noticias Seja bem vindo ao nosso site ALAGOAS INFORMA!

Mundo

Alagoano dado como desaparecido é preso no aeroporto da França

Publicada em 24/02/24 às 18:11h - 9 visualizações

ascom PC/AL


Compartilhe
Compartilhar a noticia Alagoano dado como desaparecido é preso no aeroporto da França  Compartilhar a noticia Alagoano dado como desaparecido é preso no aeroporto da França  Compartilhar a noticia Alagoano dado como desaparecido é preso no aeroporto da França

Link da Notícia:

Alagoano dado como desaparecido é preso no aeroporto da França
 (Foto: ilustração)
A Polícia Civil, por meio do 29° Distrito Policial (29° DP), confirmou que o brasileiro preso por tráfico de drogas no aeroporto da França é um alagoano que foi dado como desaparecido em agosto de 2023, por sua mãe, no município de Inhapi-AL.

A informação foi confirmada pelo chefe de cartório do 29°DP, Fabiano Menezes, que conseguiu identificar o desaparecido, de 25 anos, após a mãe ter ido até a Delegacia registrar a ocorrência sobre o desaparecimento dele.

O policial civil disse que no dia 22 de agosto de 2023, a senhora procurou a Delegacia para registrar um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do seu filho. Ela disse que ele se encontrava no estado de São Paulo, e há 30 dias não mantinha contato.

Diante dos fatos, foram iniciados os procedimentos legais pela equipe do 29°DP para tentar localizar o rapaz desaparecido.

Uma semana depois, surgiu a informação de que uma pessoa do município Inhapi havia sido presa na fronteira. Foi quando o chefe do 29°DP enviou e-mail para Polícia Federal, com a identidade do filho dessa senhora que estava desaparecido.

A Polícia Federal retornou confirmando que ele teria sido preso pela Adidância da Polícia Federal em Paris/França, ao desembarcar no Aeroporto Internacional Charles de Gaulle, em Paris, no dia 17/07/2023, supostamente por tráfico de drogas. O mesmo teria sido recolhido no Presídio Fleury Mérogis, desde o dia 20/07/2023, sendo sua prisão do conhecimento do Consulado-Geral do Brasil em Paris.

Foi iniciado um trabalho integrado de informações entre a PCAL e a Polícia Federal, com objetivo de contribuir nas investigações que estão sendo realizadas para conclusão do inquérito policial.

"Em nome da Polícia Civil de Alagoas, me sinto gratificado em poder ter colaborado e dado apoio à Polícia Federal para que tivesse acesso a essas informações pontuais que contribuíram nas investigações desse caso e ter ajudado a uma mãe a saber sobre a situação do filho", disse o policial civil Fabiano Menezes.


ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 82988831444

Visitas: 3756
Usuários Online: 5
Copyright (c) 2024 - ALAGOAS INFORMA
Converse conosco pelo Whatsapp!