noticias Seja bem vindo ao nosso site ALAGOAS INFORMA!

Mundo

Primeiro negro a vencer Oscar de ator coadjuvante, Louis Gossett Jr. morre aos 87 anos

Publicada em 30/03/24 às 11:13h - 5 visualizações

G 1 com tribuna hoje


Compartilhe
Compartilhar a noticia Primeiro negro a vencer Oscar de ator coadjuvante, Louis Gossett Jr. morre aos 87 anos  Compartilhar a noticia Primeiro negro a vencer Oscar de ator coadjuvante, Louis Gossett Jr. morre aos 87 anos  Compartilhar a noticia Primeiro negro a vencer Oscar de ator coadjuvante, Louis Gossett Jr. morre aos 87 anos

Link da Notícia:

Primeiro negro a vencer Oscar de ator coadjuvante, Louis Gossett Jr. morre aos 87 anos
 (Foto: assessoria)

Louis Gossett Jr., primeiro negro a vencer um Oscar de ator coadjuvante, morreu aos 87 anos. A informação foi confirmada pelo sobrinho de Gossett à agência Associated Press.

Segundo a agência, o ator morreu na noite desta quinta-feira (28), em Santa Monica, na Califórnia. A causa da morte não foi revelada.

Em 1983, Gossett venceu o Oscar de melhor ator coadjuvante por seu trabalho no filme "A Força do Destino" (1982). Na época, ele se tornou o terceiro negro indicado ao Oscar na categoria.

"O Oscar me deu a capacidade de escolher bons papéis", afirmou o ator, que também atuou em filmes como "Inimigo meu", "Sadat: O guerrilheiro da paz" e "Águia de aço".

Por seu personagem em "A Força do destino", o ator também venceu o Globo de Ouro. Gossett também tem em seu currículo o Emmy por seu trabalho na minissérie "Roots" (1977).

Em 2010, Gossett anunciou que havia sido diagnosticado com câncer de próstata em estágio inicial.

O ator iniciou a carreira artística na Broadway, após se afastar do time de basquete depois de sofrer uma lesão.

Em seu livro de memórias "An Actor and a Gentleman", lançado em 2010, ele escreveu que, na época, ele "foi fisgado" pela arte. Sua estreia nos palcos aconteceu em 1953, aos 16 anos.

Gossett estreou em Hollywood em 1961, ao levar o espetáculo "O Sol Tornará a Brilhar" para os cinemas.

Fundador da Eracism Foundation, que tem a missão de ajudar a criar um mundo onde o racismo não exista, o ator relata em seu livro os diversos episódios de racismo que sofreu em sua volta a Hollywood, em 1968, quando protagonizou o filme para TV "Companions in Nightmare".

"Eu estava cara a cara com o racismo e era uma visão horrível. Mas isso não iria me destruir", escreveu o ator.

Gosset deixa dois filhos, Satie e Sharron.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 82988831444

Visitas: 3763
Usuários Online: 10
Copyright (c) 2024 - ALAGOAS INFORMA
Converse conosco pelo Whatsapp!